Infantil

Infantil

A pronação dolorosa, também conhecida como cotovelo da babá, ocorre quando há um deslocamento da cabeça do rádio em relação ao ligamento anular, causando uma subluxação leve. Ela normalmente ocorre quando há um puxão rápido no braço da criança como para evitar uma queda, por exemplo.  

O motivo da lesão é porque as crianças possuem ligamentos mais elásticos e desenvolvimento ósseo incompleto. Geralmente o paciente infantil irá resistir em movimentar o braço que sofreu a pronação e, ao precisar movê-lo, irá reclamar de dor.

Ao perceber que a criança está com limitação de movimento e dor, os responsáveis devem levá-la ao pronto atendimento para que o médico especialista faça o diagnóstico e possa fazer a redução (colocar o cotovelo de volta no lugar).

O médico pedirá um exame de raio-x antes de colocar o cotovelo no lugar. Assim ele terá a certeza de que não há nenhum tipo de fratura, ou outras lesões que possam piorar com a manobra. Após o tratamento da pronação no cotovelo, a criança deve ser capaz de realizar suas atividades normalmente.

O especialista pode, ainda, receitar analgésicos por um curto período de tempo caso a criança sinta dor. Caso ela continue se queixando, é importante que ela passe por uma nova consulta para que se tenha a certeza de que o osso radial está no lugar.

Para evitar um caso de pronação dolorosa, as crianças devem ser levantadas pelas axilas, e não pela parte inferior dos braços, ou pelos punhos. Em caso de dúvidas entre em contato com a equipe da Clínica Memorial para uma avaliação detalhada e diagnóstico preciso! 

Clínica Memorial

Av. Santo Antônio, 53
Jardim Nomura - Cotia - SP
CEP: 06716-710

Fone:
(11) 4616-0406 (WhatsApp)
(11) 4148-8843
(11) 4148-2572
(11) 4206-4376

Fax: (11) 4148-2572

Horário de atendimento

Atendimento médico
Segunda a sexta - 08h00 às 18h00

Fisioterapia
Segunda a sexta - 08h00 às 18h00

Academia
Segunda a sexta - 08h00 às 20h00

Responsável Técnico

Dr. Luis Antonio Buendia
CRM: 79752
Ortopedia e Traumatologia
Cirurgia da mão

Dúvidas?

Fale com um de nossos atendentes.

Por telefone:
(11) 4616-0406 (WhatsApp)
(11) 4148-8843
(11) 4148-2572
(11) 4206-4376

Ou clique aqui e faça sua pergunta.