Infantil

Infantil

Estatisticamente, de 25% a 40% das crianças em desenvolvimento possuem dores associadas a essa fase. É mais comum que elas ocorram em dois períodos: na primeira infância que varia dos três aos cinco anos e entre oito a 12 anos. Mas podem estar associadas também aos estirões, momentos em que a criança cresce alguns centímetros de forma súbita.

Estatisticamente, de 25% a 40% das crianças em desenvolvimento possuem dores associadas a essa fase. É mais comum que elas ocorram em dois períodos: na primeira infância que varia dos três aos cinco anos e entre oito a 12 anos. Mas podem estar associadas também aos estirões, momentos em que a criança cresce alguns centímetros de forma súbita.

Essas dores ficam concentradas nos músculos e inserções de tendões nos ossos, principalmente nas pernas e pés. Algumas crianças com os sintomas reclamam de dores na parte interior das coxas, panturrilhas e joelhos. As articulações afetadas tendem a ficar inchadas, vermelhas e apresentar leves edemas, que podem fazer com que a criança manque, mas na maioria das vezes as articulações afetadas não apresentam sintomas.

É mais comum que a criança reclame de dor entre o final da tarde e o começo da noite quando a musculatura relaxa e esfria. Outros fatores podem contribuir para tornar mais intensa essa sensação, como:

- Frio;

- Estresse agudo;

- Exercícios físicos intensos, que impedem a musculatura de relaxar.

Na maioria dos casos, os sintomas regridem de forma espontânea. É por isso que muitos pediatras evitam a prescrição medicamentos.

A dor do crescimento não é considerada uma doença, mas o sintoma pode ser confundido com problema mais grave, como a artrite idiopática juvenil. Portanto, é fundamental que ao persistirem os sintomas, os pais levem a criança a uma consulta a um ortopedista para acompanhamento.

 Em caso de dúvidas entre em contato com a equipe da Clínica Memorial para uma avaliação detalhada e diagnóstico preciso! 

Clínica Memorial

Av. Santo Antônio, 53
Jardim Nomura - Cotia - SP
CEP: 06716-710

Fone:
(11) 4616-0406 (WhatsApp)
(11) 4148-8843
(11) 4148-2572
(11) 4206-4376

Fax: (11) 4148-2572

Horário de atendimento

Atendimento médico
Segunda a sexta - 08h00 às 18h00

Fisioterapia
Segunda a sexta - 08h00 às 18h00

Academia
Segunda a sexta - 08h00 às 20h00

Responsável Técnico

Dr. Luis Antonio Buendia
CRM: 79752
Ortopedia e Traumatologia
Cirurgia da mão

Dúvidas?

Fale com um de nossos atendentes.

Por telefone:
(11) 4616-0406 (WhatsApp)
(11) 4148-8843
(11) 4148-2572
(11) 4206-4376

Ou clique aqui e faça sua pergunta.