Infantil

Infantil

A displasia do desenvolvimento do quadril ocorre quando há uma má-formação que faz com que o encaixe entre o fêmur e o osso do quadril não seja perfeito. Existem vários graus de displasia, e o quanto antes ela for descoberta, maiores são as chances de cura. Os graus se definem em:

A displasia do desenvolvimento do quadril ocorre quando há uma má-formação que faz com que o encaixe entre o fêmur e o osso do quadril não seja perfeito. Existem vários graus de displasia, e o quanto antes ela for descoberta, maiores são as chances de cura. Os graus se definem em:

  • Deslocado: quando a cabeça do fêmur está completamente fora do acetábulo;
  • Deslocável: quando a cabeça do fêmur está dentro do acetábulo, mas pode ser facilmente deslocada;
  • Subluxável: quando a cabeça do fêmur é solta no acetábulo, fazendo com que o osso possa ser movido, mas não deslocado.

A alteração normalmente é congênita, ou seja, acontece na hora do nascimento. E possui alguns fatores de risco:

  • Bebês do sexo feminino;
  • Baixa produção do líquido amniótico durante a gravidez;
  • Histórico de casos na família;
  • O bebê permanecer sentado na hora do parto;
  • Primeiro parto realizado pela mulher.

O diagnóstico de displasia e é feito nos 3 primeiros dias após o nascimento do bebê com os testes de Barlow e Ortolani, que serão repetidos após o oitavo e décimo quinto dias de nascimento do bebê. Caso o médico ortopedista suspeite que há qualquer tipo de alteração, ele irá solicitar exames de imagem como raio-x e ultrassom para verificar o encaixe do quadril.

Já o tratamento para a displasia do desenvolvimento do quadril poderá ser feito de três maneiras diferentes:

  • Com o uso do suspensório de Pavlik;
  • Com manobra de posicionamento do fêmur no quadril e uso de gesso;
  • Com cirurgia (em último caso).

O ortopedista irá decidir qual opção de tratamento será aplicada, baseado em fatores como idade da criança, ou se os tratamentos conservadores surtiram ou não efeito.

Em caso de dúvidas entre em contato com a equipe da Clínica Memorial para uma avaliação detalhada e diagnóstico preciso! 

Tel: (11) 4616-0406

Clínica Memorial

Av. Santo Antônio, 53
Jardim Nomura - Cotia - SP
CEP: 06716-710

Fone:
(11) 4616-0406 (WhatsApp)
(11) 4148-8843
(11) 4148-2572
(11) 4206-4376

Fax: (11) 4148-2572

Horário de atendimento

Atendimento médico
Segunda a sexta - 08h00 às 18h00

Fisioterapia
Segunda a sexta - 08h00 às 18h00

Academia
Segunda a sexta - 08h00 às 20h00

Responsável Técnico

Dr. Luis Antonio Buendia
CRM: 79752
Ortopedia e Traumatologia
Cirurgia da mão

Dúvidas?

Fale com um de nossos atendentes.

Por telefone:
(11) 4616-0406 (WhatsApp)
(11) 4148-8843
(11) 4148-2572
(11) 4206-4376

Ou clique aqui e faça sua pergunta.